Abertura e encerramento? Vamos devanear!

Aposto que muita gente que curte animes e que já bolou ou está bolando uma história já imaginou como seriam as músicas de abertura e encerramento quando ela ganhasse uma versão animada.

Eu mesmo não sou diferente. Apenas nunca realmente parei para procurar músicas que me agradassem… até hoje. Não fui tão a fundo na procura, pois acho que é gastar energia demais com uma brincadeira que não me traz nada em retorno (diferente de escrever meu livro), então é bem possível que eu ache músicas que me agradem mais ou que combinem mais com o que Elementais é, embora eu ache que, pela rápida procura, encontrei músicas bem decentes, cujos ritmos e letras combinam bastante com a história, sem falar que são bandas japonesas famosas.

Vamos a elas?

Bem, para a música de abertura, encontrei a música “PULSE” (“IMPULSO”) da banda FLOW. Ela tem umas partes que me incomodam um pouco, mas, no geral, é uma música que passa muito bem aquela sensação de anime shōnen, além da letra passar algumas mensagens que estão no livro. Infelizmente, não encontrei nenhum vídeo no YouTube, mas fiz um upload no Megaupload pra quem quiser conferir.

É só clicar AQUI.

Letra traduzida por mim:

O cenário faz ecoar seu sobretom parecido com um choro
Para o céu noturno cruel

Há também dias em que ficamos tristes por tudo
Segurando nossos joelhos
Tremendo
Balançamos um berço
Seguindo nossas emoções incontroláveis

Agora, num impulso, me siga
Quebraremos as barreiras de aflição com uma mobilização geral
Não pararemos agora
Enterre agora seus desejos carnais, com uma rudeza além do que imaginava
Com um som estrondoso, yeah! Não pararemos agora

Um eu alternativo que parece uma chuva de fim de tarde repentina
Um silêncio que dedilho de forma irregular

Também são necessários dias em que nos fazemos de bobos a respeito de tudo
Segurando nossas barrigas
Rindo
Comece a correr
Com nós incompletos

Agora, num impulso, me siga
Quebraremos as barreiras de aflição com uma mobilização geral, não pararemos agora
Enterre agora seus desejos carnais, com uma rudeza além do que imaginava
Com um som estrondoso, yeah! Não pararemos agora
Impulso, vá em neurotransmissão!

Há também dias em que ficamos tristes por tudo
Segurando nossos joelhos
Tremendo
Balançamos um berço
Seguindo nossas emoções incontroláveis

Agora, num impulso, me siga
Quebraremos as barreiras de aflição com uma mobilização geral, não pararemos agora
Enterre agora seus desejos carnais, com uma rudeza além do que imaginava
Com um som estrondoso, yeah! Não pararemos agora
Impulso, vá em neurotransmissão!

Quanto à música de encerramento, que achei ainda mais legal do que a de abertura, é a “Kibō no Saku Oka Kara” (“Da Colina Onde Floresce a Esperança”), da talvez minha banda preferida, Aqua Timez.

Confiram o clipe:

Letra traduzida por mim:

Balões monocromáticos no céu azul
Olho sozinho para cima, para um cenário quadriculado
Afinal, quantos sonhos até agora eu deixei que acabassem
Como sonhos?
Meu olhar cai para meus pés
No momento em que tentei começar a andar de novo
Uma garota, roendo as unhas
Estendeu para mim a tinta azul-celeste
E riu meio orgulhosa ao formar laranja misturando o vermelho e o amarelo
E eu também ri, com aquela simplicidade
Aprendi, seguindo o exemplo dela, como pintar sonhos
Por que essas marcas que tinha no braço e no pescoço?
Por que sua mãe está chorando nessa pintura?
Por trás do sorriso que dá quando diz silenciosamente “tchau”
Haveria algo agarrado?

Está vivendo dias em que suas feridas não se curam?
Por ser jovem demais
Para lamentar essa tristeza você sorriu?

Com a tinta azul-celeste que você me deu
Eu irei pintar sonhos, para me tornar mais forte
Vou pintar sonhos que cubram completamente a escuridão deste mundo

Ao redor do amor genuíno
Não estão florescendo flores belas
A luz que passa através da dor
Floresce curando gradualmente, envolvendo-se nas dobras do coração
À imaginação de cada um

O dia a dia passa, os ciúmes não têm um lugar para serem colocados
A pessoa que ataca a escuridão chamada solidão com uma anestesia
A pessoa que resiste, aceitando a alegria, a raiva, a compaixão e o humor
Cada um é cada um, não há uma resposta
Eu agora estou simplesmente correndo pela escuridão
Não importa o quanto isso seja doloroso
Pois eu tenho palavras que quero terminar de cantar…

Você está andando em meio a que ventos?
Chorando pelo quê? Rindo com quem? Sonhou com o quê?
Essa dor, essa alegria, essa solidão
Se as estiver carregando sozinha
Poderá compartilhar essa noite

Dentro do meu coração, a dor está tremendo
Mesmo que eu chore, não tem problema, certo?
As lágrimas, em meio a esse vento
Acredito que irão secar
Não irei desviar os olhos
Mesmo que acabe olhando para baixo, não olharei para trás
O que eu tenho de fazer
Não é mais lamentar, eu sei disso

Eu pego a luz do sol com as duas mãos
Abraçando até mesmo meu desespero, pois ele existe com força
Dando a minha tristeza para o vento que me atravessa
Só preciso começar a andar, em direção ao amanhã

Anúncios

6 Respostas para “Abertura e encerramento? Vamos devanear!

  1. Que isso, ninguém vai comentar não pow? D:
    ~*Então eu comento*~
    Pra falar a verdade,da pra viajar assim,pensando em fazer aberturas e etc…putz cara,apesar de ser um post “inútil”,foi bem feito ;D
    //-
    To divulgando o blog como posso ;x
    Se puder fazer um button do blog,linkaria com orgulho(ou quem sabe até um banner maior)
    -//
    Mas pra falar sério,se eu tivesse que fazer algo assim,pensando melhor,seria com “You fight me (breaking benjamin)” e “Zips(T.M.Revolution)” – o som do baixo na zips é PERFEITO *-*

    Agora mudando de assunto,uma amiga vai fazer ilustrações de “Asas de papel” e vou pedir ajuda a Emily e provavelmente vamos vetorizar e etc ^^ – To pensando em mostrar o blog pro meu professor,mas sei la =x


    Você ja deve ter ouvido,mas da uma olhada nessa música:
    “Between angels and insects” do Papa Roach ^^

    Enfim: ótimo post 😀
    (Ok,malz o comentário enorme!)
    Abração aê \o

    • Opa, agradeço sempre pelo comentário!

      Adoro quando me apresentam músicas que eu nunca ouvi, hehe.

      E eu faço um button, sim, pode deixar!

      E pô, mostra pro seu professor, sim! Às vezes, as reações das pessoas são muito melhores do que achamos que seriam. Tinha vezes em que eu me mantinha calado sobre meu livro achando que ninguém iria querer saber a respeito dele, mas aí quando eu contava, tinha gente que queria muito ler e tal.

      Ilustrações sempre ajudam pra deixar o trabalho mais bacana! Mal posso esperar pra ver!

      Novamente, valeu pelo comentário, now and always! Hehehe.

  2. Putz,eu é que agradeço por todo o apoio! ^^
    Acho que dá sim pla levar o blog pra frente…da uma passada lá,fiz pequenas alterações no layout e no menu,mas sei lá,pra mim javascript é foda @-@
    Sou mais php mesmo @—–@
    To tentando postar textos que não sao de minha autoria no blog,jaja coloco alguns,o problema é achar quem fez mesmo,visto que o pessoal está desanimado pra escrever…Pelo que você disse,preciso me enfocar mais,então estou fazendo o capítulo 5 o mais organizado possível,por isso a demora toda ^^’

  3. Ha! Então tu escolheu uma abertura e encerramento. Kra, não sei se eu disse isso a você, mas naquela sua primeira versão antiga lá do Nyah, eu sempre começava e terminava os caps escutando músicas do Bleach. Como você gostava achei que me ajudaria a me cativar mais. E deu certo mesmo, tanto que lia quase um cap por dia. Foi mesmo tão viciante quando ver um anime.

    E agora, CARACULIS! Eu tenho que reler o primeiro capítulo e recomeçar ouvindo esta música.

    Valeu mesmo!

    • Ah, você faz isso? Eu costumo mais é ouvir OSTs durante a leitura toda, hehe.

      Essa música “PULSE” do FLOW ainda me incomoda um pouco. Se eu achar uma melhor, eu troco, mas por enquanto fica essa mesmo. Ela tem partes muito fodas, mas partes que soam mal em uma abertura também. Não sei, o início com a guitarra pesada é… bem… pesado demais (hehe) e tem umas horas em que o tom de voz do cantor muda e a música fica meio leve e infantil, mais ao estilo Katekyo Hitman Reborn! do que Bleach ou Naruto. Não que eu não goste de Reborn!, mas as músicas dele são sempre mais levinhas do que as desses dois. E, opinião de autor, Elementais é — ou pelo menos vai ficar — mais sombrio do que qualquer um dos três. Então não pode ser música bobinha, hehe.

      Mas, anyway… Hahaha. Isso é só uma brincadeira, não é pra se levar tão a sério. Até porque, se um dia Elementais realmente se tornasse um anime, tenho certeza de que seriam feitas músicas que se encaixariam muito bem com o clima da história.

  4. Eu não tinha terminado a leitura do cap 1 todo. Então resolvi devanear e fazer uma abertura e encerramento mental com tudo o que me lembrava desta serie mesclaso a suas musicas. PQP! Não é ficou FODA!
    Não importa se Pulse não ficou tão boa, deu pra viajar assim mesmo. mas me apeguei mais ao encerramento. Dah! Aqua timez, aí é foda.
    E outra, quando chegou naquela parte do Piér aí sim reparei no mudança da série. Temas temas um pouco pesados, para jovens um tanto normal até, mas não vi isso na versão antiga. Dou aplausos para o amadurecimento da história.
    E o novo início, putz, ficou perfeito. Não é mais aquelas cenas confusas e que demoravam um pouco para entrar no clima. Comparado com este novo começo, aquela versão antiga é um “Teletubbies”. rsrs
    Bom, acho que posso voltar aquele ritmo de 1 capítulo por dia né? hehe
    Estarei acompanhando esta semana, mas não farei comentários, vou deixar pra indicar o Elementais em breve lá no meu blog.

    É isso, cara. Congratulations! Sinto que agora vai! hehe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s